Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DEIXAR UM AMOR


Quando você
Precisa dizer adeus
A quem ama
E sabe que vai amar pra sempre

Dizer "não" pra você
Mesmo e tentar
Se convencer que
Tudo que você mais
Queria acabou

Gritar ao seu coração
Que já basta
Mesmo que isso doa
E te estraçalhe por dentro

E quando é preciso
Ir embora e deixar
Tudo se ir de você
Mesmo que isso mate você
Por dentro

E quando não há mais
Nada a fazer ou dizer
Que possa mudar
Essa triste realidade

Então você precisa
Juntar forças pra tentar
Continuar vivo

Porque é muito difícil
E infinitamente doloroso
Pra sua triste alma

É altamente perigoso
Pra sua saúde mental e espiritual
Porque é necessário
Ter muito equilíbrio
E muito amor próprio
Pra seguir em frente
Sem o ser que se ama

Ter que admitir que
Do outro você não
Pode esperar nada
A não ser a indiferença
Que te fere e te rasga
O ser, já tão machucado
É como se alguém lhe
Empurrasse um punhal
Não pelas costas
Mas direto em seu coração

O amor que se sente
Então se torna uma arma
Contra você mesmo
Pois transforma-se
Em um instrumento de dor
E desfalecimento

O vazio que toma conta
De você parece não ter fim
E a solidão que te fere
É algo indefinível

É como se você
Se perdesse em algum
Lugar no tempo
Como se sua vida
Acabasse ali
Naquele momento
E tudo passa
A não ter mais sentido

Tudo ao redor não tem
A menor importância
As cores não têm
Mais cor

O sol não tem mais brilho
A lua não é  mais um satélite
Mas apenas alguma coisa perdida
No céu
As estrelas são alguns
Pontos que já não têm mais brilho

A natureza toda
Parece conspirar contra você
Porque perde o encanto
Que antes possuía
E as pessoas ao seu redor
Não te dizem nada

Porque não há nada
Que realmente tenha
A importância que tem
O ser que se ama

E não adianta buscar
Em outro alguém o que
Só aquele que se ama
Pode te dar

E não adianta buscar
Em lugar nenhum
A alegria de estar
Ao lado de quem se ama
Porque é tudo muito triste

Até você mesmo
Já não faz sentido
E perdemos a importância
De  nós mesmos

Porque perdemos
O senso de nossa importância
Como um ser humano
Que tem suas qualidades

Porque você olha pra si mesmo
E começa a se questionar
O por que de tudo ter se perdido

O motivo de não ser possível
Que se viva esse amor
Por que não dá pra ser?
Por que a distância
Pode destruir assim
Um sonho de amor

Por que temos
Que conhecer alguém
E amá-lo tanto
Estando tão longe
Sem nunca tê-lo visto
Ou tocado

Sem ter tido a chance
De conquistá-lo
De fazer de você
O amor do seu amor

Vou viver por
Muito tempo a me fazer
Todas essas perguntas
E outras mais
Até que me resigne
Com essa minha realidade

Triste realidade
Dolorosa partida
Infinita saudade
Eterno amor

Zair Batalha
07/04/06

ZAIR BATALHA FERNANDES
Enviado por ZAIR BATALHA FERNANDES em 27/08/2006
Código do texto: T226747
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZAIR BATALHA FERNANDES
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 52 anos
43 textos (2793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:46)
ZAIR BATALHA FERNANDES