Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Distância

 Nesse dia frio de inverno,
 A sua imagem corta a minha mente
 Como faca a dilacerar a alma,
 A avivar a saudade, a exaltar os sentimentos.
 A lembrança dos seus olhos carinhosos e da sua pele alva
 Me faz viajar numa nave em direção à galáxia perfeita,
 Rumo ao planeta dos sonhos, onde os seres esqueceram o amor.
 Não ter você neste dia é igual ao fel amargo e mortífero,  veneno poderoso,
 Que mata ao menor sinal de contato com o coração.
 Sei onde estás, mas não posso tocar e beijar,
 Como todos os normais o fazem.
 Mesmo estando nos braços de alguém,
 Sei que és minha, alma, espírito, corpo.
 Luto contra a saudade, a solidão e a tristeza,
 E peço ao “sagrado” que me  conceda a possibilidade de um  dia ter você,
 Porque só de pensamento e sentimento não vivem os homens.
 É preciso tocar, sentir, estar dentro, estar juntos como um só ser.
 E assim não haverá mais manhãs, tardes, noites que eu sinta o frio do inverno.
 Sentirei o calor do amor, como quando se ama de verdade.
Fabiano Almeida
Enviado por Fabiano Almeida em 28/08/2006
Reeditado em 28/08/2006
Código do texto: T227235
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fabiano Almeida
São Paulo - São Paulo - Brasil, 32 anos
4 textos (226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:21)
Fabiano Almeida