Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades

AMOR ARRANCADO.


QUE DOR É ESSA QUE ARREBENTA.
QUE DOR É ESSA QUE ME SUFOCA.
QUE GOSTO AMARGO NA BOCA.
GOSTO DA PAIXÃO, DO AMOR.
PAIXÃO FRUSTADA.
AMOR ARRANCADO.

POR QUE TE AMO.
NÃO, NÃO POSSO AMAR
NÃO POSSO AMAR ESSE AMOR, SEM AMOR
NÃO POSSO AMAR ESSE AMOR QUE ME CAUSA DOR.


TE QUERO E NÃO TE TENHO.
TE CHAMO E  NÃO ME OUVES.
TE TOCO MAS NÃO ME SENTES.

POR QUE TE AMO.
NÃO, NÃO POSSO AMAR
NÃO POSSO AMAR ESSE AMOR, SEM AMOR
NÃO POSSO AMAR ESSE AMOR QUE ME CAUSA DOR.


TE QUERO E NÃO TE TENHO.
TE CHAMO E  NÃO ME OUVES.
TE TOCO MAS NÃO ME SENTES.


QUE MAIS POSSO FAZER PARA TE ESQUECER.
ENTREGAR MEU CORPO PARA EXPLODIR EM GOZO.
E DEPOIS DO GOZO PERCEBER QUE NÃO FOI PRAZER.
QUE FIZ SEXO E NÃO AMOR.
QUE BEIJEI  MAS NÃO GOSTEI

MARIEL BENAION MELLO

 
MARIEL BENAION
Enviado por MARIEL BENAION em 30/08/2006
Reeditado em 02/01/2017
Código do texto: T228493
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIEL BENAION
Manaus - Amazonas - Brasil
116 textos (18251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/06/17 14:50)
MARIEL BENAION