Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Lágrimas de chuva...

Lágrimas de chuva...
 
Chove lá fora,
as gotas que correm na vidraça,
parecem lágrimas que derramo por você.
O vento frio que entra pela janela,
esfria ainda mais meu corpo
que já não tem a quentura do teu.
Os relâmpagos  iluminam o céu,
como ilumina minha vida teus olhos
todas as vezes que me dirige o olhar.
O barulho ensurdecedor dos trovões,
confundem-se com as batidas
desritimada de meu coração
quando tu não estás presente !
O sol se escondeu por trás das negras nuvens,
como pareço estar toda vez,
que insiste em não me notar te observando.
As plantam tombam com o peso da água,
assim como eu ao me deitar sozinho,
com o peso da tristeza de não estar contigo.
As lágrimas banham meu rosto,
como as gotas da chuva que escorrem na vidraça.
Edpoeta
Enviado por Edpoeta em 02/09/2006
Código do texto: T231085
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edpoeta
São Vicente - São Paulo - Brasil, 46 anos
80 textos (7406 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:42)
Edpoeta