Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que eu quero pra mim



Não quero limites
Não precisa ser sempre o "muito"
Mas também não quero todo dia um "pouco"
E não me mande escolher um "meio termo"

Detesto isso!

Gosto da surpresa
De passar de um extremo ao outro
Sem planejar, sem me preocupar
Sem deixar a vida virar rotina

Quero o frio das montanhas
e o calor da praia
Quero a paz, o silencio do campo
e as luzes, o barulho da grande cidade

Quero morrer de rir
na arquibancada de um circo
E chorar muito, no final triste de um filme,
no escuro do cinema

Quero comer uma pizza
sentada no chão da sala
Mas quero um jantar
a luz de velas

Quero matar a sede
com água pura da fonte
E sentir todo prazer
que um bom vinho proporciona

Quero passear de mãos dadas
em uma manhã de sol
Mas quero mãos passeando sem pudor
pelo meu corpo, em uma noite de luar

Quero dormir abraçada, quieta
depois de um beijo de "boa noite"
Mas quero dormir quando o dia clarear
depois de uma noite de amor
 
Quero o amor
mas preciso da paixão
Quero o respeito
mas tem que haver tesão!


02/09/06
Kathita
Enviado por Kathita em 05/09/2006
Código do texto: T233260

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kathita
Valinhos - São Paulo - Brasil
179 textos (9230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 14:37)
Kathita