Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O que esperar dessa flor?

Rio de Janeiro, 18 de Maio de 2003, 20:45.

O que esperar dessa flor?
Autor - Kadu.

O que se esperar de uma flor que surge do nada?
A beleza? Seu perfume? Suave sedução...
Que adoça as nossas manhas com um amor tamanho
Deixando nos olhos o sabor do pecado
Fugitivos da solidão
Mandando nos sentimentos
Controlando um coração que só obedece ao meu amor por ti

A mesma flor pode ter um gosto amargo
De perda de aposta
E eu mudo sussurro ao mundo sem medo
Temendo que meu lado inimigo fale alto o meu segredo
Talvez fosse leal
Se não houvesse flores, se não houvesse manhãs, se não houvesse nem amores...
Talvez fosse leal, se não houvesse nada...

Mas meu mundo é frágil e cinza
Precisa de cores, amores e manhãs
E as flores? Ah! As flores são tão belas
Mas uma adoçou com um amor tamanho minhas noites e manhãs
Surgiu com uma beleza única
E o que se pode esperar dessa flor?
Neguduh
Enviado por Neguduh em 08/09/2006
Reeditado em 09/09/2006
Código do texto: T235460
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Neguduh
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
4 textos (137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:03)
Neguduh