Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esse que hei de ser

Meu coração adolescente delira por entre as ilusões,
Meu coração estende pelos raios da aurora como fios da harpa lírica do senhor Apolo.

Tentei tocar a valsa,
Para aquela que causou a ruína de Tróia,
Mas a minha silenciosa agonia não passou por despercebida.
Como pude ser assim,
Procurei o amor em uma brisa que passava pela janela aberta.

Ser adolescente em plena aurora da vida
Só me trás a paixão pela bela deusa pagã.
O pecado da carne trago na alma,
Por assim dizer ser jovem,
E ser pontilhado por todas as fantasias
Que se pode carregar de um anjo batalhador.

Morro, mas esta é a minha sina,
Ser um eterno adolescente se iludindo em amor.
Edmir Junior
Enviado por Edmir Junior em 09/09/2006
Código do texto: T236033
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edmir Junior
Juripiranga - Paraíba - Brasil, 30 anos
83 textos (1735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:24)
Edmir Junior