Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Edificado

Rei do meu sonho
que tem toda cor
ligeira te ponho
tremendo de amor
insulta e desbanca
a minha menina
me cala e tranca
a palavra infinda
quando castiga
se torna cruel
quando abriga
me deixa no céu
e sabe o prazer
que espera comigo
mas me faz sofrer
como duro bandido
enlouquece a mim
com sua mistura
me leva ao fim
depois salva e cura
judia no açoite
e fica mais louco
me procura na noite
e quer mais um pouco
me tem como cabe
e me busca, que eu sei
- que o castelo desabe -

mas ainda é meu Rei.
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 11/09/2006
Código do texto: T237290

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344672 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:17)
Maria Quitéria