Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gemido ao amanhecer de quinta

Gemido ao amanhecer de quinta

Mingua a força bruta
Apenas bate descompensado
Sem repique o coração que apaga
Quão forte a lança pende
Se teus olhos me buscam amor.

Ser de novo verdes mares
Se te procuro e te penso hoje
Sem mais nem nada sentir adiante
Banhar espírito neste seu olhar revolto.

Não sou mais que o espelho reflexo
Do que sente dentro de mim
Tal qual desejo que sofre e clama
Nossa vida : fogo e luta.

Não que fujo ao dever que acena
Se tenho medo de te beijar para sempre
A boca chave, a língua desvendada
Ao ponto santo da tua vontade inclina.

Mais que um dedo que aponta e busca
Os teus olhos macios nos teus cabelos arredios
Procurar ou se perder sem pressa
Os sentidos que se vão e te amam...

Apenas buscar
Descontrolar
Sofrer ou não ser
Fluir e sorrir
Teu amor discreto.

                   Lorenzo
Lorenzo Ferrari
Enviado por Lorenzo Ferrari em 15/09/2006
Código do texto: T240997
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lorenzo Ferrari
Goiânia - Goiás - Brasil, 53 anos
2 textos (95 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 07:59)
Lorenzo Ferrari