Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando nós

Temos uns segredos, eu e ele
coisa à toa, nada que machuque
temos a lira do esfregue
e até um amor de açude
derramamos a sanha na boa
encaramos por aí, amiúde
pautamos até umas loas
sérios, cheios de virtudes
somos vadios, bandidos, loucos
marginais de carteirinha
nossa sanha é para poucos
e nossa erva é mais daninha

nosso eixo é sempre mais baixo
daqueles que ninguém acredita
somos a uva e o cacho
a mulher e seu macho

luva amarrada em fita

estamos os dois nuns esfregues
chamando a partilha mais louca
nós dois, ao demônio, entregues
na língua e no dentro da boca.
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 18/09/2006
Código do texto: T243173

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344675 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3952 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 15:30)
Maria Quitéria