Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESILUSÃO CONCEDIDA

DESILUSÃO CONCEDIDA

Misturada aos espaços vagos
Do meu imenso campo da saudade
Procuro teus olhos, tua luz, teu toque
Encontro-os, mas não aqui, não agora
E não vem em minha direção
Flutuam como se a outro mundo pertencessem
A outro tempo, outra era, outro firmamento
E os meus passos, descompassados dos seus
Seguem pra longe, sempre pra bem longe
A agonia de te sentir aqui, escurece minha visão
Sufoca o meu coração, e me vejo só
Num abraço aos meus próprios braços
Segurando tão somente eu mesma
Com a calma disfarçada em desilusão concedida
Aceita, sem defesa, sem saída...

edna berta
Enviado por edna berta em 26/01/2005
Código do texto: T2467
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
edna berta
São Paulo - São Paulo - Brasil, 59 anos
6 textos (952 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 30/09/16 10:29)