Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aliança

Aliança


Era uma vez........
Um casal que encontrou o amor. Ou foi achado por ele.
Como nos contos das fadas, os dois, namorado e namorada, noivo e noiva,
juntos, visitaram caminhos  dos mais diversos.
Aprenderam a dividir alegrias, sonhos, raivas, conquistas, amigos, músicas, tempo.
Perdas. Ganhos........ Histórias.
Surpreenderam diferenças entre preferências e desagrados.
Desfrutaram do prazer de amarem e serem amados.

........
O tempo foi passando. Então, decidiram se casar. Queriam ser felizes.
Para sempre.
Como nas histórias.
Sucede que, “felizes para sempre” é  frase última  de narrativa.
Ou........  nesse caso, a partir da aliança,
o brotar  de uma nova trama.
Pode ser.

Pode ser que dure essa urdidura,
não obstante as durezas da vida.  Pode ser.
Pode ser que, entre momentos de amor, advenham instantes  de dor.
Pode ser que a alegria de um, nem de sempre venha
de tamanho e intensidade qual a do outro.
Pode ser que as preferências de cada um
não se descubram num  único caminho. Pode........

Ainda pode ser que, meio a dor e amor dessa tecitura
e o porém  das distinções _ cada ser tem seu jeito de ser_
dos sonhos logrados_ ora sim, ora não_ das raivas mal digeridas,
do anseio de ter posse  até do pensar  do outro_ pode ser_
que esposo e esposa adivinhem  uma trilha de paz,  harmonia,
aconchego e  segurança a ser explorada.
Pode ser.

Pode ser que esta outra história,
que estréia com “felizes para sempre”
venha a ter,
apesar dos pesares,
um final de conto das fadas.
Assim seja.
Terezinha Pereira
Enviado por Terezinha Pereira em 23/09/2006
Código do texto: T247667
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Terezinha Pereira
Pará de Minas - Minas Gerais - Brasil, 68 anos
124 textos (52863 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:38)