Capa
Cadastro
Textos
┴udios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU AMOR ╔ ASSIM:





Meu amor é algo que sem fim.
Mesmo que de longe,
Sinto você  por perto de mim.

Esse amor que por vezes me consome,
Entristece-me,  me enlouquece...
Por dentro e por fora
Desassossega e me corrompe.

Tentativas de suborno,
Só pra ter sua atenção
De loucura à desatinos
Corroeu meu coração.

De angústias e tristezas
Extrapolou a mesquinheza.
Que causou grande estranheza,
Àqueles da minha realeza.

Coro aos meus ouvidos.
De quem não vive o sentimento:
_ Como podes amar sem gemido?
É real!  Não existe sofrimento!

Esse amor é o próprio ingüento,
Da dor do meu alento
Ao mesmo que se destrói,
Fornece  peculiar sustento.

Prazer de amar,
A ternura do olhar...
Gemido, só de prazer.
De poder amar você.


Amo-te por dentro.
No gozo das entranhas que se contraem.
Amo-te por fora
No gozo da energia que nos atrái.


As léguas da distância,
Não representa desalento
E o tempo que se estende
Não produzem distanciamento.

Amor é amor
Não acaba em horror.
Amor é dia, é sol em casa ou na rua.
É noite estrelada e prazeres  sem lua.

Amor é brisa,
É tufão.
Também alegrias
E decepção.

Amor que é amor
Atravessa os tempos.
Vive de alegrias
Sem guardar ressentimentos

Amor é hoje, agora, depois...
É feito dos momentos felizes
Não existe perfeito pros dois
Supera dores sem diretrizes.

Amor de filho, de homem e mulher.
Amor também de irmão
Só se ama quem se quer
Só se ama com coração.

Adriana Campos
19/09/2006

Adriana campos
Enviado por Adriana campos em 24/09/2006
Cˇdigo do texto: T248101
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Adriana campos
Salvador - Bahia - Brasil, 45 anos
35 textos (3128 leituras)
(estatÝsticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualizašŃo em 11/12/16 02:49)
Adriana campos