Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sentir

Sentir

O que eu sinto aqui por você
Não é como o mar de maus sabores
A que todos os portos, séculos, partilham
E mancham-no com as impurezas da loucura.

O que eu sinto aqui por você
É bem mais doce que selvagem
É  como o lago drummondiano
Onde banha o canto da ternura
Onde nasce a cada gozo a mocidade

O que eu sinto aqui por você
As pessoas não compreendem, nem há cura
Pelo simples fato de o silêncio
Excitantemente ser sintoma...

O que eu sinto aqui por você
Quer ser tocado pelo seu perfume
Quer ver o seu corpo desvendado
Quer beijar sua alma seminua!

O que eu sinto aqui por você
Jamais alguém ousou sentir
É tão imenso quanto a sua personalidade
Que, quanto mais em mim rebenta a chama
Mais em você vai ascendendo a formosura!

O que eu sinto por você aqui
É uma aventura de tê-la em toda a parte
estarmos juntos no mundo e longe dele,
Abraçar horizontes, no rastro das aves...

O que eu sinto por você aqui
Dia e noite fugindo,
Cada gota de tempo o tempo levando,
Há de estar em pleno fulgor
Porque tudo em mim é secundário
À margem do palpitante
Amor !

lucheco
Enviado por lucheco em 25/09/2006
Reeditado em 16/10/2007
Código do texto: T249263
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
lucheco
Volta Redonda - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
128 textos (62093 leituras)
6 áudios (1218 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:33)
lucheco