Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oceano invisível de um instante

Tua clara pele tem cheiro doce,
Aromática ventura que escreve
Com letras de desejo o meu silêncio
Propenso a buscar-te como verve.

Na vasta euforia do encanto, me entrono!
Súplice candura de um beijo insaciado,
Nos lábios que lhe sente e lhe consente como dono,
Como servo vitalício pelo amor domesticado.

Num rosto como o teu emoldurado velo um anjo!
Vejo Vênus, vejo Eros em tertúlia apaixonante,
E percebo da mulher o quanto há de amor e sonho
Mergulhados no oceano invisível de um instante.

E um átimo de surpresa faz-se único o momento
No lapso em que me encontro no solar da sedução,
Dessa mulher de núbios cabelos que se vão com o vento,
Que sopra um soneto que compassa meu coração.

Um recital assimétrico, mas de todo belo e fino
Como a alma de um Camões libertino e sonhador,
Açulando nossas flamas com um verso repentino,
Que junge num só tomo nossa essência de amor.
Rogério Guasti
Enviado por Rogério Guasti em 26/09/2006
Reeditado em 27/09/2006
Código do texto: T249975

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para o site www.recantodasletras.com.br"). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rogério Guasti
Vitória - Espírito Santo - Brasil, 36 anos
333 textos (32462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 06:55)
Rogério Guasti