Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O meu amor é assim

O meu amor é assim
Vive miudinho num canto, com medo de se manifestar.
Vive inibido e temeroso em algum lugar.
Finge que não existe, apavorado de você notar e se afastar.
Faz de conta que é amigo e por isso, vive escondido.
O meu amor disfarça a toda hora, brinca de ontem e de agora.
Anda por aí travestido de companheiro,
pra ter você perto o tempo inteiro.
O meu amor é omisso de palavras românticas,
é proibido de fazer declarações.
Amarrado pra não demonstrar as emoções,
é impedido de dar carinho declarado.
Vive perdido e enclausurado.
Tudo isso só pra ter você do meu lado.
Meu amor virou clandestino, s
uplicante de um único instante de carinho.
Hoje, ele é meu inimigo,
porque vive junto comigo e não pode aparecer,
Porque só me faz sofrer.
É meu escudeiro invisível, triste e impossível.
O meu amor só não me provoca mais dor,
porque quando me deito, sozinho no meu leito, me enche de calor.
Meu amor anônimo, mascarado,
sobrevive longe de você, ou do seu lado.
Sobrevive a cada minuto, enrustido e amargurado...
E assim a nossa vida vai passando...
Eu vou te enganando que sou feliz...
Que aquilo tudo ficou pra trás...
Mas é mentira...
Cada vez eu te amo mais.
Felix
Enviado por Felix em 26/09/2006
Código do texto: T250212
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Felix
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 25 anos
10 textos (773 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 17:03)
Felix