Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

flor tão bela

Tão simples que me apega
Um dia te vi.
Outro dia ti perdi.
Tão brilhosa
Tão simples, maneira que fascina-me
Seu cheiro. E inexplicável
Meu olhar pra ti é incompreensível

Mas flor tão bela
Tão simples que me apega
Que jardins que ti vi
Aquele de um horizonte sem fim?

O que dizer da loucura
Com olhos vendados.
Atrás de brilho seu ?
Loucura louca?
Tão simples foi ti ver
Inesquecível é ti querer.

Flor tão bela
Tão simples que me apega
Erro meu... Quando não ti colhi
Tristeza hoje que ti vi
Distancia sua que mi quis







Moral da historia:
A vida não para, as vezes descobrimos o quanto é importante pra gente quando perdemos.
I nem sempre. Concertar é fácil ou possível.


__________________
Agora que você leu
Comenta? Isso é o maior apoio que existe por aqui...
Ps: Criticas são bem vindas, elogios também.
berg
Enviado por berg em 28/09/2006
Reeditado em 29/09/2006
Código do texto: T251653
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
berg
São Paulo - São Paulo - Brasil, 27 anos
4 textos (374 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:03)
berg