Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cartas de amor

Não é um livro de poemas
Que ides ler.
É uma carta de amor...
-Eu tinha de a escrever.

Amo-te como não sei
E tu não sabes
Pois sou o teu Índio
minha linda Índia
Sou o saber aquilo que não sei
Sei o sabor daquilo que não sou
As fontes onde bebi
O caminho onde não estou
Sou o mar em que me dou
Numa mancha de azul que nos separa
Florescem aves e sonhos
Amo-te como sei
E tu já o sabes.
De ti
fique esta marca paleográfica
em minha pele, que não me deixa,
sonhar um outro mar...
Mar meu que és tu.
JVC
Enviado por JVC em 28/09/2006
Código do texto: T251664
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JVC
Portugal, 54 anos
19 textos (4137 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 01:10)
JVC