Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se nada sei

POR QUE É QUE TUDO SEMPRE ME FAZ LEMBRAR DE VOCÊ?
E QUANDO EU PERCEBO
JÁ SAÍ DO LUGAR ONDE ESTOU
E FUI TE PROCUAR EM MEUS PENSAMENTOS
DIFÍCIL É NÃO TE ENCONTAR
NÃO TE BEIJAR
NÃO ME SENTIR EM TEUS BRAÇOS
VOLTO DO DEVANEIO RINDO
MAL ENTENDENDO COMO SE PODE AMAR ASSIM
E FELIZ
FELIZ POR QUE ESTIVE EM TEUS BRAÇOS MAIS UMA VEZ
MESMO EM PENSAMENTO
E OUVI VOCÊ ME DIZER QUE ME AMA
E SENTI QUE ME AMA
POR QUE OUVIR ISSO JÁ NÃO SE FAZ NECESSÁRIO
SENTIR ISSO, SIM
E EU SINTO
SINTO PELO JEITO COMO OLHAS PRA MIM
SORRINDO
TEU SORRISO TEM DE SER O DE UM HOMEM APAIXONADO
SINTO PELO JEITO COMO ME ABRAÇA
E ME APERTA
ME PRENDE
ME IMOBILIZA
MESMO QUE NÃO SEJA NECESÁRIO FORÇA
POR QUE ESTOU PRESA PELA CORDA DO AMOR
PELA FORÇA DO DESTINO
SEI QUE ME AMA PELO JEITO COMO ME BEIJA
MACIO
GOSTOSO
ARREPIANTE
QUE ME FAZ ESQUECER O MUNDO
E PENSAR SÓ NA FORMA COMO POSSO RETRIBUIR
TAMANHO AMOR
E SE POSSO
DESSE MEU JEITO NADA DELICADO
TE FAZER FELIZ
COMO VOCÊ ME FAZ
SE BASTA PARA ISSO O MEU AMOR
E A MINHA DEDICAÇÃO A VOCÊ
SE BASTA AS COISAS QUE JÁ FIZ
E AS COISAS QUE FAREI
SE BASTA O QUE ME BASTA
OU SE NADA SEI
Clara Belmiro
Enviado por Clara Belmiro em 28/09/2006
Código do texto: T251701
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Clara Belmiro
Paulo Jacinto - Alagoas - Brasil, 29 anos
30 textos (2943 leituras)
1 e-livros (158 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:02)
Clara Belmiro