Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

S. O. (S.)


Moreno,
depois que te tomo
depois que te deito
minha vida sai do prumo
e te quero no meu leito

Moreno faceiro
meu sonhar é teu
te quero inteiro
Moreno criança
meu riso vive tua boca
meu corpo tua trança
Moreno cacho de uva
bagos na minha língua
meu corpo, tua luva

Moreno, homem duro
sina que só clareia
dentro do meu escuro
Moreno, castigo difícil
meu vício, paixão
amor de precipício

Moreno, menino
meu louco
meu destino

sem você tudo vaga
tudo fica faltando
parece praga
parece um dano
mas que se dane
a vida e todo o trisco
quando te tenho
moreno
tudo vale o risco
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 29/09/2006
Código do texto: T251891

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344674 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3952 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 11:33)
Maria Quitéria