Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Homem que eu amo

Na alma dele eu brinco de lua,
nas linhas, vou no traço sem medo,
na cama dele eu me deito nua,
na vida dele eu sou um segredo.

No meu corpo ele brinca de chuva,
nas linhas me mistura a uns casos,
na cama me deita e me faz luva,
na minha vida ele fecha os ocasos.

É ele o dono, a lei, a minha lenda,
minha casa, meu cacho, meu destino,
meu mistério, o pano da minha tenda,
meu homem, minha fé, meu menino.

É lembrança, andança, jorro de letra,
dor no peito, alegria e meu acesso,
e como diz, naquele fado, a portuguesa,
o nome dele, nem às paredes confesso.
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 01/10/2006
Código do texto: T254096

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344672 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 15:07)
Maria Quitéria