Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O RETORNO DO ENCANTAMENTO (dueto com Aldo Lopes)

Se foi contigo todo aquele encantamento,
junto ao sopro do minuano vento,
deixando-me apenas o desalento.

Lamento, sim, mas não me rendo.
Luto contra este gélido vento,
que não se rende somente ao abatimento.

Enfrento, resisto, me arrebento.
Clamo por ajuda ao firmamento:
um fomento para resistir ao pernicioso vento.

E de tanto insistir, como em reconhecimento,
Sinto as cálidas lufadas do suão vento,
Trazendo consigo a paixão, um novo alento,
Retorno de todo aquele encantamento.

O poema acima foi criado sob a inspiração do poema A Fuga do Encantamento, de Aldo Lopes.

======================

A FUGA DO ENCANTAMENTO
por Aldo Lopes

Desatento, viajo sem talento
Tento fugir do meu tormento
Vento frio sopra como alento
Pensamento voa, eu lamento.

Acorrento então o sofrimento
Atento, ignoro meu desalento
Enfrento sem dó tal momento
Invento ser um ser sonolento!
Roger Beier
Enviado por Roger Beier em 05/10/2006
Reeditado em 09/10/2006
Código do texto: T257002
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Roger Beier
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
44 textos (4907 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:42)
Roger Beier