Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao lado teu

Consumiu-se o tempo da gente,
perdemos a hora da cama,
do corpo, da sanha e do que sente
um coração, antes de saber que ama;
perdeu-se o tempo que refaz
momentos de chama e tesão,
o tempo da delicadeza que traz
algo entre as ânsias e o perdão;
partiu-se o já desvencilhado,
como tivéssemos estado em sono
e enquanto houvéssemos amado,
as sensações fossem folhas de outono;
quedou-se doente o que não houve
e o que nunca aconteceu, no entanto,
e seguimos a certeza, que ainda ouve,
um som longínquo de adeus e encanto.
Maria Quitéria
Enviado por Maria Quitéria em 08/10/2006
Código do texto: T259498

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (http://recantodasletras.uol.com.br/autores/mquiteria). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Quitéria
São Paulo - São Paulo - Brasil
1098 textos (344672 leituras)
1 áudios (2463 audições)
4 e-livros (3951 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 10:47)
Maria Quitéria