Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Encruzilhada



Amo seu cheiro de vinho tinto:
Cobiçado pelos meus sentidos,
Desejado num profundo suspiro,
Alcançado num gole sedento, faminto...


Amo seu olhar-malícia,
enxergando, em mim, a maresia,
bruma, brisa, alquimia,
química bem feita,
cheia de magia...

Amo seu corpo preciso,
com gestos indecisos:
regalo às minhas venturas
e quimeras. Triste sentir
nessa longa espera.

Amo sua boca não dizendo nada,
sua voz tão emocionada,
em meu ser, sempre calada,
sempre abusada,
silenciosamente ousada...

Amo seu medo de acontecer,
de se entregar, de enlouquecer,
de percorrer meus segredos,
de se envolver, de, em minh'alma,
para sempre,se perder...

Amo sua emoção estagnada
estacionada, lapidada, aos poucos,
devagar, num manso versejar,
pelo brilho intenso, imenso
do meu olhar.

Amo sua vida enrolada, embaraçada,
encruzilhada à minha:
mistério ... enigma ... calafrio...
lanterna ... luzeiro ... arrepio ...

Amo essa sua busca frenética
do não querer o que tanto você quer:
em seus braços, levitando sonhos,
ensaiando felicidade, sobrando vontade,
me fazer, num instante, sua mulher...
SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 08/10/2006
Código do texto: T259693

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29986 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 05:01)
SueliFajardo