Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARA VERSAR O AMOR

Para versar o amor,
há de se encontrar palavras de sentido infinito,
ver as entrelinhas brancas, torcidas, como em nossos lençóis,
sentir a maciez dos verbos igual a das nossas peles,
o perfume do corpo em cada letra,
o conforto sonoro do beijo guardado nas rimas
a respiração ofegante, as pausas dos olhares,
nos nossos pontos e vírgulas.

Para versar o amor,
é preciso não precisar, conjugar, mas não julgar,
deixar rolar, brincar com a sopinha de letras,
lembrar da concordância nas línguas perdidas,
conhecer os segredos das meias palavras,
o radical e vogal temática dos
corações ancestrais.

Para versar o amor,
penso que seja mais fácil pelo
caminho da simplicidade na oração composta.
Ou seja, versar, também é praticar com quem se ama.
Então verse o amor, verse muito... em qualquer lugar,
mesmo que não haja uma cama.



Naldo Coutinho
Enviado por Naldo Coutinho em 10/10/2006
Reeditado em 07/01/2007
Código do texto: T260657
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Naldo Coutinho
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
111 textos (6977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:10)
Naldo Coutinho