Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

preso de ti

repele-se aos poucos
está em mim, voçê
trancando-se em seu mundo
desfigurando o meu desejo por ti
saberei erra na hora certa
e acerta na hora errada
deus,que me guie
e me tire dessa lânguida solidão
pó,areia
certeza
é inevitável lutar
inevitável não se entregar
a solidão vem desbancando tudo
provando que é impossível te esquecer
melhor morrer que terminar assim
jamais verei  aquele amor morrer
os erros são meus
não a quem perdoa
magoa
viver sem dor viu.
Gustavo Leite
Enviado por Gustavo Leite em 13/10/2006
Código do texto: T263455

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (pituca). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Gustavo Leite
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil, 37 anos
20 textos (816 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:20)
Gustavo Leite