Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ecos (interminado)

Minha mente grita,
mas meu corpo é mudo.
Suas palavras ecoam
no abismo q há entre nós
cada vez mais distantes,
cada vez mais fracas,
cada vez mais devastadoras
Poeta Morto
Enviado por Poeta Morto em 14/10/2006
Código do texto: T263945
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Poeta Morto
Sete Lagoas - Minas Gerais - Brasil, 28 anos
32 textos (1579 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 00:55)
Poeta Morto