Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Anjo & borboletas

ANJO & BORBOLETAS
Guida Linhares
 
 
Um anjo de ternura desceu à Terra
para conhecer os homens em suas sinas,
perceber o quanto de amor encerra,
suas inquietudes e buscas repentinas.
 
O anjo percebia, do alto do seu saber,
que os homens se mostravam infelizes,
envoltos em mil sutilezas do querer,
e da superficialidade eram matrizes.
 
Muito entristecido o anjo chorou,
e foi admirar as borboletas coloridas,
que alegre beijavam as flores e notou,
a beleza natural de suas asas fendidas.
 
 Dois pares de asas, de cada lado,
necessários para o equilíbrio no ar,
sustentavam o sublime ser alado,
a distribuir amor e flores encantar
 
Então o anjo num extremo desejar,
com as borboletas num globo de luz presas,
foi ao jardim dos homens para libertar
as borboletas, e os homens de suas represas.
 
Então, viu homens chorando se acercarem,
das lindas borboletas aladas ems seus beijos,
enxugarem as lágrimas e compreenderem,
que um amor não se faz apenas de desejos.
 
Se faz de cumplicidade a toda prova,
se faz de momentos entretecidos juntos,
se faz de propósitos que a vida renova,
mas sempre vivenciados em conjunto.
 
Agora o anjo parte tranquilamente,
volta ao seu lugar de honra no cósmico,
sua missão aqui cumprida integralmente,
a lição do amor compartilhado e ético.
 
Santos, SP
15/10/06
14:17 hs
 
Guida Linhares
Enviado por Guida Linhares em 15/10/2006
Reeditado em 15/10/2006
Código do texto: T265009
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Guida Linhares
Santos - São Paulo - Brasil, 70 anos
1939 textos (158407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:20)
Guida Linhares

Site do Escritor