Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TESÃO ABSOLUTA

O corpo sedento
Bebe o suor do desejo.
A nudez dos corpos
Roçam a pele molhada.
Mãos roubam carícias
Na teimosia insistente do querer.
 
Bocas  s procuram-se insaciáveis,
No beijo a ânsia  de devorar-te.
A respiração ofegante esconde mistérios.
Enquanto pensamentos vagueiam soltos
Pelos labirintos da loucura.
 
No tato despudorado do toque
A procura insistente de segredos.
Desobediente invade tua vergonha
Vou além dos teus limites,
E calo no meu querer
 Tua boca que diz não.
Disfarce puro
No desvairado desejo que habita você.
 
No delírio escondido
Corpos se entrelaçam
No encaixe único do prazer.
 
Teu corpo suado
Extrapola dos poros o cheiro do pecado.
Cheiro que excita
O instinto sacana do meu intento.
 
Entre corpos suados de paixão
Tudo é imaginação, sedução, desejo.
No cansaço gostoso do ápice
Adormecidos no silêncio do nosso amor....
Amor louco
Amor bandido
Que se acalma
Na excitação absoluta que nos consome.
 
Socorro Carvalho
Enviado por Socorro Carvalho em 15/10/2006
Código do texto: T265194
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Socorro Carvalho
Santarém - Pará - Brasil, 49 anos
28 textos (4392 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:26)
Socorro Carvalho