Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor Infinito

Sabes, menina, tu nem imaginas o que estou sentindo agora.
Confesso que já não me agüento, e não vejo a hora de estar contigo.
Sim, desejo estar contigo, não como amigo, mas como teu amante.
Quero ver-te o semblante, beijar-te tua linda boca, e te ver muito louca por me ter aos teus braços.
Vem, amor, vem criar outros laços, vem andar de mãos dadas, nossas vidas atadas num amor infinito.
Vem, amor, vem me amar sem medo, pois eu não acredito que esse amor infinito vá acabar tão cedo.
Nairton de Aquino
Enviado por Nairton de Aquino em 19/10/2006
Reeditado em 06/03/2008
Código do texto: T267880

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nairton de Aquino
Fortaleza - Ceará - Brasil, 39 anos
31 textos (16065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:12)
Nairton de Aquino