Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tolices

Às vezes me pego lembrando e
Simultaneamente sorrido.
Lembro-me de coisas bobas, meigas e tolas,
Que ocorreram entre nós
Lembro-me de coisas chatas, tristes e engraçadas
É tolo que eu sempre esteja sorrindo
Do nada, por nada.
Acho-te engraçado, meigo e bobo.
Tenho um olhar meigo para você,
Mas você nunca me disse coisas meigas.
Acho-te engraçado.
Na verdade me acho engraçada e boba, pois,
Há algum tempo te temia.
Lembro de você em horas de nada haver.
Criança, te acho criança.
No seu canto, quieto, sério.
Puro é o sentimento que te escondo.
Qualquer dia desses,
Serei tola o bastante
Confessarei-te em um beijo que te gosto
Será do nada , pro nada que te direi,
Mas será do fundo para o mundo
Que te confessarei um sentimento terno
Enikcxs
Enviado por Enikcxs em 21/10/2006
Código do texto: T270292
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enikcxs
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
33 textos (1484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:09)
Enikcxs