Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher

Tu sabes que nem sempre,
A flor mais bela,
É a mais quente.
Sabes que nem sempre,
A flor mais cheirosa,
É que agrada a gente.
Sabes que nem sempre,
A flor mais vistosa,
Atrai a gente.
Mas a mais simples flor,
De branco matizada,
No seu pedúnculo ereto,
Ligeiramente inclinada.
Consegue fazer,
Que um feio entardecer,
Se torne no mais lindo,
Pôr do Sol.
Lobo solitário
Enviado por Lobo solitário em 23/10/2006
Reeditado em 10/09/2011
Código do texto: T271188

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lobo solitário
Jaú - São Paulo - Brasil, 29 anos
37 textos (2938 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:23)
Lobo solitário