Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



BEIJO DAS FLORES



De manhã com o sol a despontar,
levanto , ando no jardim a espreitar
Qual meu susto! O Beijar das Flores
Então também elas tem seus amores

Eram duas orquídeas raras e belas
Mais pareciam pinturas de aquarelas
Inclinavam-se docemente uma à outra
E tocavam-se numa carícia leve e mútua

Então elas também amam! Vejam isso!
Que belo espetáculo , assisti, sem aviso
Fiquei bem quietinha , no meu canto
Para não perder um só segundo de encanto

Olhei ao meu redor , e vi dois girassóis,
que disfarçavam procurando “sóis”
Ledo engano meu amigo. Se procuravam.
Para matizarem cores e com isso se beijarem

Meu modesto jardim, virou rico cenário
O amor brotou, guardado como um relicário
As flores todas dançam felizes enamoradas
Se cortejavam sem sombra de quaisquer pecados

Malubarni
Enviado por Malubarni em 25/10/2006
Código do texto: T273050

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Citar nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malubarni
Vila Nova De Gaia - Porto - Portugal
595 textos (118360 leituras)
2 áudios (277 audições)
3 e-livros (397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:41)
Malubarni