Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto



Já te apercebeste, Meu Amor,
Que até a névoa da manhã,
Vem, timidamente,
Trazer-te um recado meu??

Já entendeste, Meu Amor
Que não vale a pena lutar contra o Sol,
pois ele acaba nos cegando,
Na sua Omnipotência??

Já averiguaste, Meu Amor,
Que bom seria quebrarmos as barreiras
que nos estrangulam,
os compromissos que nos sufocam,
para por fim... podermos nos amar,
De uma forma sublime, pueril e quase etérea??

Já constatas-te, Meu amor..?
Que não existimos??
Que apenas somos a alquimia que inventámos,
Na ânsia desmesurada,
De alcançarmos a nossa felicidade?


Aguarela Matizada
Enviado por Aguarela Matizada em 27/10/2006
Reeditado em 03/01/2010
Código do texto: T274585

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aguarela Matizada
Brisbane - Queensland - Austrália, 57 anos
266 textos (10830 leituras)
8 áudios (206 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:21)
Aguarela Matizada