Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O AMOR FEMININO

No restante de minha vida,

Reprovarei teu gesto incompreensível,

Meu choro silencioso é a lamúria da lua,

Teus lábios insensíveis proferiram um lamaçal.

 

Ao dizer-me em letras garrafais: “EU TE AMO”,

Iludiste-me com um tom jocoso, dissonante, insignificante.

Meu coração explosivo: estilhaçou-se na escuridão,

Minha alma: retraiu-se na solidão do inconformismo.

 

Amar não é mecanicamente racionalizar,

 Jorrar água em cascata como uma cachoeira,

É sentimentalmente expressar emoções genuínas,

Ao regar o canteiro colorido de um jardim florido.

 

Na alma feminina, o amor ressoa harmoniosamente

Em uníssono: o aroma suave do violino.

Reverbera em nossas almas, o zelo acolhedor,

Desperta em nossos corações, o instinto materno.
jôo
Enviado por jôo em 27/10/2006
Código do texto: T275162
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
jôo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 37 anos
9 textos (430 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:18)
jôo