Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANTA LOUCURA


Quando o tempo me fala é por amor,
Quando a mente me falha é por favor,
Quando o Sol me aquece é ilusão,
Quando afago os cabelos, sonho bom...

Se me perco em pensamentos,
Me acho no vento...
Se me zango do tempo,
Me encho de brisas,
Se me calo a contento,
Sua loucura transforma-se em juízo...

Quando acordo e te vejo, o coração,
É sensível ao seu beijo, a lição,
Se aprende em seus olhos,
Se afoga em seus lábios...

Quando o tempo me ignora, é noite,
Sei que é hora de receber da vida açoites,
Que é pra dar por vencida a luta,
Que é como fugir de um labirinto,
E se perder em linha reta...

Nada se reparte sem abnegação,
Para que sorva o sentido real,
A imaginação é que externa
Sentimentos guardados no coração...
Alexandre Nascimento
Enviado por Alexandre Nascimento em 31/10/2006
Código do texto: T278248
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alexandre Nascimento
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 41 anos
6 textos (286 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:11)