Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perola Negra

Estes olhos que brilham
Como perola negra
Alem do valor raro
É de estrema beleza

Minha mente imunda
É altamente violentada
Pela pureza do sorriso
Que irradia deste ser

E a voz tão meiga
Que faz trepidar
De alegria meu inconsciente
Ameniza minha angustia

E em fim a presença
Este ser puro e meigo
Me deixa a duvida
De que tudo pode ser um sonho
sulista versejador
Enviado por sulista versejador em 10/11/2006
Código do texto: T287165
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sulista versejador
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil
10 textos (603 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 07:01)
sulista versejador