Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR REAL

Quando a inquieta alma confessou,
expôs somente a vontade de ser amada de verdade.
Delineava palavras sem as estar vivenciando
Inspirava-se no desejo latente
derramado algumas vezes em rotas inóspitas.
Não podia imaginar que o Universo conspirava...

Com o vento de agosto, numa madrugada morna
O "coração auricular" encantou-se com a voz,
absorveu as palavras e a essência
E a alma viu o nascer do dia cantarolando com Mozart
O coração quedou-se !
Mas o medo duelava com o sentimento...

A vontade, a certeza e a paciência do coração alheio
Puseram por terra qualquer defesa
Com a primavera, floresceu o sentimento único, ímpar, especial
Bendita hora !

Eis-me aqui, meu amor lindo, tentando encontrar palavras
que traduzam esse sentimento dentro de mim...
Se não as encontro
deve ser apenas porque o sentimento é imenso,
intenso, indescritível...
A alma aquietada,
desta vez para uma presença real,confessa:
Para sempre, te amo !

12/11/2006


P.S.: Obrigada pelo seu amor verdadeiro e pelo encanto que trouxe para minha vida !
Beth Muniz
Enviado por Beth Muniz em 12/11/2006
Código do texto: T289025

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Este texto pode ser reproduzido e enviado, desde que o nome do autor seja citado.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Beth Muniz
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil, 55 anos
20 textos (1764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:19)
Beth Muniz