Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Talvez

Meus olhos brilham quando apenas te olham
Mas ao lembrar que não posso te ter
Ao mesmo tempo eles choram

Eu, então paro de te olhar
Para tentar parar de chorar
Só que, mesmo não te vendo
A dor no coração permanece doendo

Será que é tão difícil entender
Que não importa as nossas diferenças
O que importa é o amor
Que nos invadiu sem pedir licença

Talvez o nosso amor
Não seja assim tão proibido
Talvez as nossas astúcias
Não mereça tamanho castigo

Talvez por tanto esperar
Eu possa até desistir
Talvez por tanto te amar
Viverei o resto de minha vida
A esperar por ti



www.julianaladeira.prosaeverso.net
Juliana ladeira
Enviado por Juliana ladeira em 18/11/2006
Reeditado em 18/11/2006
Código do texto: T294385

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor, o link deste site, e envie um e-mail para julikladeira@br.inter.net , antes de copiar.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Juliana ladeira
Recife - Pernambuco - Brasil, 31 anos
107 textos (19161 leituras)
22 áudios (1155 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:52)
Juliana ladeira