Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ANSIEDADE


Aproxima-se o inverno
Trazendo, além do frio, o ar da solidão
Para aqueles que, porventura,
Possuam o vazio do coração.

Tardes tristes; enfadonhas são;
Seres envolvidos pelos ventos gélidos,
Mas aquecidos pelas lembranças
De que um dia foram amados.

Desespero; distância;
Incompreensão ou decadência ?
Pensamentos turvos:
Divididos entre a malícia e a inocência.

Noite obscura; onde está a Lua ?
Já se foi o Sol da esperança,
Seus raios aos poucos vão definhando,
Dando lugar a escuridão que vem chegando.

Contudo, resta a chance
De deitar e sonhar:
Com um dia de verão,
Os pássaros, ao redor, a cantar,
Viver a alegria de uma fantasia
E poder sentir o olhar
Da menina que gostaríamos, por um instante...AMAR.
Denilson Neves Rampin
Enviado por Denilson Neves Rampin em 21/11/2006
Código do texto: T297032
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Denilson Neves Rampin
Várzea Paulista - São Paulo - Brasil, 50 anos
42 textos (684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:00)