Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAIXÃO INESPERADA




Chegaste de mansinho...
Um tremor tomou conta de mim.
Emudeci.
A emoção não me permitia reação.
Os teus olhos, fixos nos meus,
falavam com uma luz invisível,
nunca percebida por mim
em outros olhares.
Tua boca linda, farta, atraente...
torneada com pedaços de desejos,
tinha um imã potente.
Ao falares,
tua voz penetrou-me a alma.
Forte como um trovão,
clara como a verdade,
nítida como a eternidade.
Uma mistura de doçura,
sensualidade , rouquidão...
Sentimentos em ebulição!
Abraçaste-me!
O mundo não mais girava
eu atingira o céu,
na terra,  desfalecia...
Ah, paixão!
Tomaste conta  do meu sentir,
devastando a  minha inocência,
adormecendo a minha decência,
paralisando o meu reagir.
Chegaste de mansinho...
Da minha paixão tornei-te conivente,
dos meus desejos um confidente,
da vida,
o único amor revivente.

BH/MG
Rosanghela
Enviado por Rosanghela em 22/11/2006
Código do texto: T297796
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosanghela
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 66 anos
40 textos (2546 leituras)
2 e-livros (310 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:57)
Rosanghela