Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

cartas de amor

 CARTAS DE AMOR
Da janela, um olhar curto
Apenas até o horizonte de uma caixa de correio
caixinha tão simples tão pequena
Tão pequena e insignificante a tamanha ansiedade

A espera se finda ao chegar de uma e carta
De envelope comum de branco palido e dolente
Selo comum
Apenas uma carta comum
Diferente apenas o brilho no olhar
De quem espera com palpabras

Leva apenas um dia pra chegar
Uma hora
Um simples minuto e como demora
A quem espera a quem olha sempre
A mesma caixa de correio parece uma vida

Agora aos olhos cansados
O fascínio disputa lugar com o encantamento
Inicia-se a leitura
Parecem estáticos, apenas movimentam-se
Rapidamente viajando por letras viajando por freses

Olhares se restringem ao
Outro lado de uma folha de papel
Viajando na imensidão de seu deleito
Buscando não se sabe o que
Entre pontos e vírgulas

Curiosidade apenas alheia
Pos aquele ali grudado compenetrado
Tudo sabe

Será que ali esta o significado da vida
Formula da felicidade que de tão mágico
Há nas linhas de um papel

Se finda a leitura
Sobra uma vontade uma sensação
Insaciável
Ela é guardada, escondida.
A vista de todos, conteúdo.
Seguro entro do coração
Aos curiosos
A frustração de um aglomerado de palavras
Depôs com tempo lembrasse
Que era aquele aglomerado de letras
Aos outros nada alem de palavras
A um só uma carta amor

(por favor aqueles que me honrarem com sua leitura porfavor comentar ´imporatante a´te vaias sao boas somente a ideferença e ruim por favor comentar)
hd
Enviado por hd em 26/11/2006
Reeditado em 27/11/2006
Código do texto: T302322
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
hd
Itapecuru Mirim - Maranhão - Brasil, 35 anos
6 textos (416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 04:53)
hd