Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APOLOGIA PARA UMA FILHA

APOLOGIA PARA UMA FILHA.



Márcia - Helena.



Foi um nome sitiado que veio de Tróia
Ou, quem sabe, seqüestrado de uma ilha
É um conjunto lindo e harmônico
Não é nome de ilha e nem de cidade
É um arquipélago doce de simpatia,
Que genealogicamente tem nome de filha
Uma grávida flor de pura beleza
Entre todas as mulheres a primeira
Trintona linda bela e sazonada
Tua mana, a dúplice e pequena Joesa
Também é pura, mais do que a linda rosa
Interessante! Coincidentemente é Silveira
Recente rosa-flor, recém desabrochada
Eis a tua sombra fugaz e verdadeira
Frutas belas trânsfugas do mesmo tronco
Onde eu quero jazer imóvel, um dia
Na cruz aconchegante mais do que santa
Dos seus longos e brancos braços
Para esquecido da triste vida
Perder-me em seus regaços
Ah meu Deus! Assim, eu me fartaria
Da ofuscante e da abundante luz
Das duas filhas amadas que irradia
Amém!
Nada mais quero!
Pois, estar possuído por essas duas indizíveis estrelas
Cheio de luz, por certo, ficarei também

Do teu crespo, quase sex...


Eráclito Alírio



Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 28/11/2006
Código do texto: T303692
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 74 anos
889 textos (135355 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:31)
Eráclito Alírio da silveira