Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UM OXIGÊNIO CHAMADO AMOR

PENSEI EM VOCÊ ESTA MANHÃ,
LEMBREI DE TUDO QUE FIZEMOS ONTEM
E O QUE DEVERIAMOS TER FEITO,
LEMBREI DA COR DO DIA
DAS CANÇÕES QUE OUVIMOS,
E QUE CANTAMOS JUNTOS
LEMBREI DOS RISOS SEM MOTIVOS
DAS BOBAGENS QUE FALEI
SÓ PRA VER MAIS UMA VEZ SEU SORRISO.
LEMBREI DO NOSSO AMOR
DA NOSSA TROCA DE CARINHO
DE QUANDO DORMIMOS ABRAÇADOS
DE MAIS UM DIA FELIZ QUE O AMOR NOS DEU.
TUDO ISSO FAZ EU ME SENTIR VIVO
MIM DA FORÇAS PRA CONTINUAR ACREDITANDO
QUE VALE A PENA VIVER,
E QUE O AMOR É O CAMINHO CERTO
QUE TODOS NÓS DEVEMOS TRILHAR
PRA ENCONTRAR A FELICIDADE,
HOJE RESPIRO UM OXIGÊNIO DIFERENTE
UM OXIGÊNIO DE CORES E SENTIMENTOS
UM OXIGÊNIO CHAMADO "AMOR".
Renato Souza Amaral
Enviado por Renato Souza Amaral em 28/11/2006
Código do texto: T303736
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Renato Souza Amaral
Porto Seguro - Bahia - Brasil
45 textos (3754 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:55)
Renato Souza Amaral