Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antítese



E foi assim,
entre os sonhos deslizantes
e a realidade bruta,
que a Luz surgiu.

Longa estrada percorreu
de flores e pedras,
riachos e abismos,
montanhas de picos
para o céu,
vales perdidos
na própria história.

Encontrou-se com a Sombra:

Menina levada!
Sempre às escondidas
deixava rastros, pegadas,
pelos olhos do ser comum,
não enxergados.

Invisíveis eram ambas,
Luz e Sombra,
quando sozinhas.
Enfim enxergaram-se.
Completariam-se, dali por diante,
Em cada luar
Que a noite soberana trouxesse,
Em cada ensolarado dia
Que o Anjo-Moleque pudesse
De novo inventar.


E a Voz do Universo anunciou
De forma a profetizar:
_ Luz sem Sombra não existe,
Sombra sem Luz
Impossível encontrar...

SueliFajardo
Enviado por SueliFajardo em 29/11/2006
Código do texto: T305169

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
SueliFajardo
Jandaia do Sul - Paraná - Brasil
942 textos (29987 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 19:52)
SueliFajardo