Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MULHER NECESSÁRIA

MULHER NECESSÁRIA


             Mulher! Se um dia me vires a chorar.
Aconchega-me ligeiramente ao teu mole ventre.
Pra aliviar essa dor que se sente.
Com o teu morno calor, de pronto, vai passar.
Eriça os meus cabelos com as tuas leves mãos.
Acaricia o meu peito com o teu beijo quente.
E os meus lábios em febre de vulcão.
Também os meus andarilhos pés suavemente.
Depois desses santíssimos cuidados.
Envolve-me por inteiro e carinhosamente.
Com a pulcritude de teu corpo abrasado.
Quero cobertor quente e beijos ardentes
A me sufocar ali mesmo jaz deitado.
Possuindo-te, e tu, possuindo-me loucamente.

Eráclito Alírio





Eráclito Alírio da silveira
Enviado por Eráclito Alírio da silveira em 01/12/2006
Código do texto: T306821
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eráclito Alírio da silveira
Imaruí - Santa Catarina - Brasil, 75 anos
889 textos (141030 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 15:32)
Eráclito Alírio da silveira