Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TROVOADA


Até a trovoada no céu, tenta afastar-me de meu amado
e a chuva torrencial, impede que juntos possamos estar!
Mas não há no mundo força mais forte que este chamado,
que me leva ao meu amor através do céu e sobre o mar!

As forças da natureza em fúria se aliam para nos separar,
tal é a força deste amor que espalha a inveja e admiração!
Coruscando sem cessar, pelo céu de breu, raios a chispar,
atordoando e fazendo tremer a terra, medonho troa o trovão!

Chuvas diluvianas se precipitam em correntes impetuosas,
arrastando tudo, provocando o caos, ruína e a destruição,
ceifando vidas, separando as famílias, mãe, filho, irmão...

Mas no seu castelo, cercado pela chuva em vagas alterosas,
acompanhado pelo seu trabalho de magias, e triste solidão,
o Mago evoca um raio de sol, para poder rever sua paixão!
Fada das Letras
Enviado por Fada das Letras em 01/12/2006
Reeditado em 01/12/2006
Código do texto: T307045

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Fada das Letras
Almeirim - Santarém - Portugal, 61 anos
244 textos (33045 leituras)
3 áudios (179 audições)
5 e-livros (291 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 02:15)
Fada das Letras