Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR ENTRE POETAS

AMOR ENTRE POETAS

A um poeta, ama-se como eu amo...
Com fidelidade e respeito profundo.
Recebendo de braços abertos  sua essência
Sofrendo de saudade, quando de sua ausência
E ainda assim, sentindo no âmago sua presença
 
A um poeta, ama-se como eu amo...
Percorrendo as trilhas de uma vida.
Percebendo a senda que se abre e me chama
Com sua voz doce, a minha presença reclama
Eu quando o ouço aquece mais do amor a chama
 
A um poeta, ama-se como eu amo...
Com um misto de realidade e sonho.
Que se fundem em meu ser e a ele acalanto.
Sinto-me amada por sua poesia, meu encanto.
E assim, dois poetas se amam, entoam o canto.
 
A um poeta, ama-se como eu amo...
Entoando esse canto em uníssono.
Compreendendo de  cada palavra, a felicidade
Chorando juntos partilhando nossa cumplicidade
Sentir sintonia entre corpo e alma, ter a capacidade.

31/03/2005
Mercedes Pordeus
Enviado por Mercedes Pordeus em 14/07/2005
Código do texto: T34391
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mercedes Pordeus
Recife - Pernambuco - Brasil, 61 anos
66 textos (5833 leituras)
5 áudios (198 audições)
9 e-livros (699 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 20:20)
Mercedes Pordeus