Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Saudades, Daqui da Africa

Pelo Messenger, diz-me que estás voltando.
E, a partir de agora, vou te acompanhar.
África! Liguei. Estou do outro lado do oceano.
Vai, meu anjo, atende o celular!

Como vai meu amor? Anda devagarzinho.
Cuidado com as curvas da estrada!
Quero que chegues em paz ao nosso ninho,
Em casa te espera nossa filha amada.

Que chato né? Tanta recomendação!
Nem um beijo telefônico ainda te dei,
Vai! Encosta o aparelho no teu coração:
Smack! Pronto. Acho que agora está ok.

Como está a nossa cama?
Como está o nosso sofá?
Huum, Saudades daquela camisola laranja.
Aquela que arranco quando vou te amar.

Estou de você tão distante!
Nossas almas fundem-se com os delírios nossos.
Não há limites para um amor tão desconcertante,
No coração, na pele e nos ossos.

Boa noite meu Imbondeiro.
Dorme em paz, dias melhores hão de vir.
Logo, tu me terás por inteiro,
Para me amar, me beijar e me sentir.
EMERSON DANDA
Enviado por EMERSON DANDA em 22/07/2005
Reeditado em 14/03/2014
Código do texto: T36865
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
EMERSON DANDA
Toritama - Pernambuco - Brasil, 52 anos
97 textos (76622 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:21)
EMERSON DANDA