Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Oito, oitenta

Com oito já sinto grande satisfação,
Muitos outros com oitenta,
Infelizes, reclamam da solidão,
E infelizes fazem também, a mulher que os sustenta.
A medida que o tempo passa,
Tenho mais vontade de te ver,
Quero chegar aos oitenta, sempre ao teu lado,
Vê-la, em todos os sentidos, crescer.
Nas grandes maravilhas desse mundo,
Não há tanta beleza,
Quanto a que desabrocha de ti,
Existem alguns que pensam com avareza,
E apenas números querem para si,
Sei que isso pouco importa,
Quando estás ao lado de quem ama com tanto ardor.
Nada mais me sufoca,
Nada mais, me fará sentir dor,
Pois ao teu lado, estou,
E para sempre pretendo estar,
Sem nunca dizer que o amor acabou.
Obrigado por tudo durante esses oito meses,
Obrigado por me amar,
Obrigado por me ouvir,
Obrigado por me guardar,
Obrigado por me sentir,
E que até mais que os oitenta,
Possamos seguir.
João Valio
Enviado por João Valio em 05/08/2005
Código do texto: T40599
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Valio
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
72 textos (5476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:31)
João Valio